— Tolisses

Coisas do Ulisses Mattos

Álcool e artesanato

Esse aí sou eu participando de um vídeo sobre processo artesanal, gravado na Feira Rio Antigo, para a exposição/intervenção “Olhar de um Artesão”, que tomou a Rua do Lavradio durante uma semana este mês, em junho.

Ulisses Mattos from Danielle Brito on Vimeo.

 

Como é que fui parar nessa exposição? Explico.

Um belo dia, no ano passado, me ligaram da agência Live Ad com um convite : fazer parte de um clube de vodca, ao lado de profissionais que se destacaram em variadas áreas. Não era só para beber. Tinha um monte de atividade legal envolvida e tal. Mas eu gostava de explicar o projeto para amigos dessa forma. Era um clube de vodca. Meus amigos mais chegados sabem que sou um cara de vodca, que bebe o destilado puro, que acha quase um sacrilégio misturá-la a frutas e outros líquidos. A vodca era a tradicional holandesa Ketel One, que eu não conhecia mas logo vi ser de primeira. 

Além de contar com vodca para presentear amigos, ter garrafas em nossos nomes aguardando em restaurantes chiques e ter à disposição 3 horas de open bar em festinhas que quiséssemos organizar, os integrantes do tal clube iriam ajudar a escolher nomes para uma série de documentários sobre “artesãos modernos”, dirigido por João Jardim. E assim foi.

Na fase final do projeto foi ainda mais interessante. Nós mesmos bolamos um projeto em grupo, que fosse ligado ao conceito de processo artesanal, que é a tônica da Ketel One. No Rio, a patota pensou na Rua do Lavradio. Cada um de nós, também considerados pela agência como artesãos modernos, registrou sua visão da feira. Cartunistas e designers desenharam, fotógrafos fotografaram. Eu, sem saber exatamente qual é minha profissão, achei por bem fazer um vídeo em que eu me inserisse conversando e brincando com os expositores. Assim eu exercitaria o lado roteirista, videomaker de Youtube, humorista e até jornalista. O resultado é aquele lá em cima.

Vale também conferir os documentários da primeira fase do projeto da LiveAd pra Ketel One, por João Jardim:

0 comments
Enviar comentário